A exposição virtual A Casa do Benin: entre memórias e objetos busca estabelecer enquadramentos, paralelismos e associações entre alguns aspectos da Casa do Benin na Bahia, apresentados  através de montagens de imagens e arquivos organizados em dois módulos. O primeiro, que chamamos de Memórias, busca colocar em relação, materiais de diferentes características (fotografias históricas, arquivos de jornais, imagens do acervo, arquitetura, mobiliário), através de justaposições que favoreçam relações inesperadas/singulares, buscando trazer à superfície, de modo multidirecional e simultâneo, uma seleção de imagens-arquivos que compõem as memórias da Casa do Benin. O segundo módulo, que chamamos Objetos, configura-se a partir da disposição de um conjunto de fotografias e pinturas de peças que compõem/compuseram o acervo e o mobiliário da Casa do Benin. As fotografias realizadas no ano de 2020, apresentam de forma panorâmica o acervo  que se encontrava exposto, bem como algumas peças que constituem o mobiliário. As pinturas, realizadas pela artista Isabela Seifarth, são uma reconstrução -possibilitada pela existência de rastros fotográficos - de algumas peças que já foram expostas em diferentes momentos  na Casa do Benin, mas que, por diversos motivos, não se encontram mais em seu acervo. Assim, buscamos compor uma paisagem, entre as possíveis, a partir desses objetos que condensam atravessamentos históricos, políticos, sociais e artísticos e constituem a Casa do Benin na Bahia, criando um espaço de aproximação a esses materiais e suas múltiplas formas de conexão.  

Curadoria: Lucas Feres, Lucas Lago e Sarah Marques
Expografia: Ana Luísa Oliveira e Igor Queiroz

[ MEMÓRIAS ]

 

[ OBJETOS ]

010.png
FGM-SECULT-PMS-GOVERNO-PRETA.png